Fotos do assassinato de um influente adolescente foram compartilhadas no Instagram. Por que eles ainda estão se tornando virais?

No sábado à noite, 'e-girl' Bianca Devins, de 17 anos, compareceu a um show na cidade de Nova York. Na manhã seguinte, ela foi encontrada no chão em sua cidade natal, Utica, com a garganta cortada. O suposto assassino era seu acompanhante no show, Brandon Clark, de 21 anos, que supostamente carregou fotos de seu cadáver online antes de se esfaquear na frente da polícia.


Clark postou as imagens horríveis do cadáver de Devins, com a legenda 'Sinto muito, Bianca', no Discord, uma plataforma de bate-papo que ela frequentava, e no Instagram - onde rapidamente se tornaram virais. Mas mesmo quando seus seguidores sinalizaram as imagens gráficas para o gigante da tecnologia, novas postagens pareciam surgir imediatamente.

História Relacionada

As imagens virais geraram indignação generalizada sobre a incapacidade das grandes empresas de mídia social de policiar a proliferação de imagens violentas e explícitas.

Uma porta-voz do Instagram disse isso em um comunicado ao O jornal New York Times : Nossos pensamentos vão para as pessoas afetadas por este trágico evento. Estamos tomando todas as medidas para remover esse conteúdo de nossas plataformas.

A página do Instagram de Clark já foi retirada, mas na noite de terça-feira - vários dias depois que o corpo de Devins foi encontrado - fotos de seu cadáver ainda podiam ser encontradas na seção de fotos marcadas de sua página do Instagram.


Eu pensei que se eu informasse que seria apenas retirado, por isso fiquei tão chocada que ainda estava acordado pela manhã, Lauren MacMillan, 19, disse Pedra rolando. MacMillan teria recebido um DM do Instagram dizendo que as fotos do cadáver de Devins que ela sinalizou no aplicativo de mídia social não violavam, de fato, as diretrizes da comunidade. Ela também disse à revista que se preocupava com a facilidade de rastrear as imagens online.



Como Business Insider ressalta, também há vídeos estáticos no YouTube contendo as imagens desta quarta-feira. O meio de comunicação relata que encontrou cinco clipes nos principais resultados da pesquisa. Um porta-voz do YouTube não respondeu aBusiness Insiderpedido de comentário de.


Lol @Instagram beije minha bunda, você é uma plataforma doentia para isso se o único perfil principal tiver a mesma resposta, você vai pegar minhas malditas mãos pelo jeito que todos podem reportar a página relatada por favoreeeee faça isso Bianca é tudo que eu tenho que dizer e não clique em nenhuma foto #Branco pic.twitter.com/hg7Ya7p7Om

- Savannah Muncy (@ SavannahMuncy24) 15 de julho de 2019

Aparentemente, alguns Instagrammers estão até tentando capitalizar sobre o brutal assassinato, prometendo enviar fotos de Devins às partes interessadas via DM, em troca de um seguimento. A madrasta dela é supostamente implorar às pessoas que parem de fazer isso: para SEMPRE terei essas imagens em minha mente quando pensar nela. Quando fecho os olhos, essas imagens me assombram, escreveu ela em um post no Facebook. Que tal termos alguma consideração porra para sua mãe, irmã, irmãs e irmão, madrasta e padrasto, seus avós, tias, tios, sobrinhas e sobrinhos e seus amigos. Que tal termos alguma consideração POR ELA !!!


Os seguidores leais de Devins no Instagram estão marcando-a em fotos de nuvens cor de rosa e bolos com #RIPBianca para abafar qualquer uma das imagens gráficas remanescentes.

Em uma declaração paraO jornal New York Times, sua família a descreveu como uma artista talentosa que tinha planos de frequentar a faculdade no outono.

O sorriso de Bianca iluminou nossas vidas, dizia o comunicado. Ela sempre será lembrada como nossa princesa.

Este conteúdo é criado e mantido por terceiros e importado para esta página para ajudar os usuários a fornecerem seus endereços de e-mail. Você pode encontrar mais informações sobre este e outros conteúdos semelhantes em piano.io